terça-feira, 2 de setembro de 2014

FÉRIAS | As Urgências de Portugal


Desde domingo que estou a ver a minha vida a andar para trás... Tenho estado com algumas dores na barriga do lado direito e tenho estado apavorada com a ideia que possa ser apendicite. Não tem sido dores horríveis mas sido uma dor que remoí e que me deixa desconfortável... Tenho estado constantemente a mexer lá e a carregar para ver se me dá aquela tal dor aguda  ao retirar a mão mas até agora nada. De qualquer forma, decidi ir no domingo as urgências num centro de saúde. O médico limitou-se a fazer algumas perguntas e a apalpar-me na zona que me doía. Receitou-me dois medicamentos e mandou-me embora. Cheguei  à farmácia e um dos medicamentos estava mal escrito e outro já nem existia pelo que tive de voltar ao centro de saúde para ele me receitar outra coisa. Saí de lá com uma receita totalmente diferente. Escrita à mão com uma letra praticamente ilegível. Fiz questão de ter a receita bem por causa da minha viagem para Paris... Não quero ter problemas a passar nos controlos... Entretanto ontem à noite não estava melhor e estava a entrar em paranóia com a ideia de poder ser apendicite. Fui directa ao hospital para pedir uma segunda opinião mas entretanto acabei por não ficar lá. Assim que ia a fazer a inscrição, a mulher do balcão disse-me: "Antes de lhe fazer a inscrição, queria só avisar a menina que estamos com um atraso de seis a sete horas...". Fiquei de boca aberta a olhar para a mulher e acabei por responder: "Deixe estar então... Vou ver se a dor me passa entretanto! Se ficar pior de noite chamo uma ambulância.". Acabei por me vir embora e fiquei a noite toda a remoer no que seria a dor. Entretanto sinto-me melhor mas confesso que nem tenho mexido na barriga que está dorida... 

Cátia ♥ 

8 comentários:

  1. É a triste verdade dos nossos hospitais, em Maio fui ás urgencias fiquei lá 5 horas para ser tratada durante 5min enfim!!!
    Espero que fiques melhor :)

    ResponderEliminar
  2. Txii... As melhoras. Uma vez fui às urgências às 6h da manhã. Não tinha ninguém à frente e mesmo assim só fui atendida 2 h depois... tristeza. Nessa altura tinha dores horríveis de barriga. Pensei que também era algo semelhante, afinal vim a descobrir que com todo o stress que estava na altura, o meu sistema digestivo tinha parado e estava cheia de gases e completamente entupida. Estive duas semanas assim. Era o que me dava as dores. Enfim...

    ResponderEliminar
  3. Portugal vai de mal a pior, em todos os serviços... é escusado acreditar que isto um dia vá melhorar. As melhoras*

    ResponderEliminar
  4. Oh querida com essas coisas o melhor é não arriscar... Se calhar devias ir mesmo ao hospital pedir uma segunda opinião. Eu sou sincera, odeio o serviço público de saúde. Cada vez que lá vou (ou acompanho alguém) há sempre algo que corre super mal. Mas neste caso e visto que vais viajar, o melhor é mesmo teres a certeza que não te vais sentir mal depois. Acho estranho ainda terem escrito as receitas à mão no centro de saúde. A última vez que fui ao meu já era tudo informático e assim é bem mais fácil de ler!! As melhoras :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tens razão! O mais provável é ir a outro centro de saúde pedir uma segunda opinião, mesmo estando melhor. Só escreveu à mão porque a plataforma de informática estava com avarias... De qualquer forma o médico parecia tudo menos nas suas capacidades para estar a tratar alguém. Enfim... Hoje sou capaz de ir lá só para tirar as dúvidas... Beijinhos*

      Eliminar
  5. Se fosse apendicite por esta altura já terias febre, vómitos e já não conseguirias andar (falo porque já fui operada)
    Mas realmente, o sistema de saúde do nosso país está cada vez pior !

    ResponderEliminar
  6. A última vez que tive no hospital, as urgências estavam com 12 horas de atraso, era o pânico!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu contributo aqui no meu blogue! :)
Os teus comentários serão sempre que possível respondidos aqui...